14/03/2012 - E-commerce fatura 26% a mais em 2011 e atinge R$ 18,7 bi

O comércio eletrônico registrou faturamento de R$ 18,7 bilhões em 2011, valor nominal 26% maior que o verificado em 2010, segundo pesquisa divulgada nesta terça-feira pela consultoria e-bit. O tíquete médio de compra no ano passado foi de R$ 350. O setor recebeu 9 milhões de novos consumidores, dos quais 61% pertencentes à classe C. O total de consumidores que compraram ao menos uma vez pela internet atingiu 32 milhões.

Para este ano a expectativa é de que o faturamento do setor alcance R$ 23,4 bilhões, o que representaria uma elevação de 25% sobre o registrado em 2011. Apenas no primeiro semestre, é esperado um faturamento de R$ 10,4 bilhões. Em relação aos preços, o índice Fipe Buscapé, que analisa 1,3 milhão de produtos do comércio eletrônico, teve recuo 9,75% entre fevereiro de 2011 e o mesmo mês deste ano, o que, segundo a consultoria, colabora para a entrada de novos "e-consumidores".

Compras coletivas

A modalidade de compras coletivas obteve, em 2011, faturamento de R$ 1,6 bilhão, a partir de cerca de 20,49 milhões de pedidos, e a entrada de 9,9 milhões de consumidores. O levantamento aponta que as mulheres são 64% dos consumidores de compras de coletivas.

FONTE: Terra


Voltar